Acidentes de trabalho e doenças ocupacionais: impactos nas empresas.

Acidentes de trabalho, de modo geral, são aqueles que ocorrem no exercício de atividades a serviço da empresa, seja dentro ou fora da organização ou até mesmo durante o deslocamento do funcionário para ir e voltar do trabalho.

Por sua vez, as doenças ocupacionais são aquelas adquiridas ao longo no exercício da função laboral, isto é, as que resultam do desenvolvimento de determinada atividade no trabalho. A diferença é que a doença ocupacional não tem data e hora marcada de ocorrência, como ocorre no acidente de trabalho.

Esses dois eventos podem resultar em perdas significativas não só para o trabalhador e sua família, mas, também, para a própria empresa, que precisará arcar com altos custos operacionais e financeiros.

Para conhecer os impactos dos acidentes de trabalho e das doenças ocupacionais no universo empresarial, acompanhe este post.

Despesas diretas do afastamento

O afastamento exigido pelo acidente de trabalho ou pela doença ocupacional adquirida resulta na interrupção da atividade desenvolvida pelo trabalhador.

Normalmente, quanto mais especializada for a função, mais difícil e custosa será sua reposição. Nesse processo, se destacam os seguintes custos:

  • descontinuidade operacional, ou seja, interrupção da atividade do colaborador até a adequada substituição;
  • despesas com a troca/relocação de funcionário (horas extras, contratação, treinamento, adaptação);
  • pagamento do salário dos primeiros quinze dias de afastamento.

Custos indiretos e consequências processuais

Em função da origem do acidente do trabalho ou da doença ocupacional, pode haver a incidência de custos e consequências da instauração de processos investigativos, bem como:

  • perícia trabalhista, civil ou criminal;
  • pagamento de indenizações e honorários legais;
  • embargo ou interdição da atividade da empresa;
  • majoração da alíquota do FAP, que incide sobre o Seguro Acidente de Trabalho (SAT/RAT) pago mensalmente à previdência social;
  • pagamento de multas e agravamento do passivo trabalhista;
  • aumento na sinistralidade do plano de saúde da empresa;

Perdas materiais e operacionais

Um acidente no ambiente de trabalho pode alcançar proporções materiais muito grandes. Assim, independentemente do dano pessoal, o incidente também pode resultar em perdas patrimoniais consideráveis para a empresa.

Nesse sentido, máquinas, equipamentos e matéria-prima, além de possíveis danos às instalações, podem estar envolvidos no ocorrido e aumentar essas perdas ainda mais.

Dependendo de sua posição na cadeia produtiva, a paralisação de um setor da empresa, seja por envolver maquinários ou não, pode apresentar sérias consequências na produtividade e nas entregas finais da organização.

Mesmo que não haja danos materiais, o simples afastamento de um funcionário de sua atividade pode ocasionar perdas operacionais imediatas.

Vale lembrar que o absenteísmo, por qualquer motivo, sempre representa um alto custo para um negócio. Isso por que os colaboradores precisam repor o trabalho do funcionário ausente mediante horas extras e/ou ensinar novos colegas a realizar as atividades com eficiência.

Danos à imagem da empresa

Interna e externamente, a ocorrência de acidentes do trabalho e de doenças ocupacionais provocam danos à imagem da empresa.

Quando recorrentes, resultam na criação de um estigma negativo que, em muitos casos, pode se traduzir em perdas de oportunidades de negócios.

As auditorias externas feitas por empresas parceiras podem colocar seus fornecedores em situação difícil quando da reincidência em acidentes do trabalho. Nesse sentido, pequenas e médias empresas podem ser especialmente afetadas.

A prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais é algo que deve ser levado a sério nas organizações. Afinal, essas ocorrências trazem impactos negativos em todos os setores de uma empresa. Sendo assim, não deixe de avaliar seus processos e analisar o que pode ser aperfeiçoado para evitar esses problemas.

Então, leitor, gostou deste post? Acesse nossos perfis no Facebook e Linkedin e saiba tudo o que você precisa sobre como manter o seu negócio ainda mais seguro!

Autor

Escreva um comentário

Share This