SIPAT: entenda sua importância para a cultura prevencionista no trabalho.

A saúde e segurança do trabalho (SST) é a área responsável por preservar a integridade física e psicológica dos trabalhadores, visando aumentar a qualidade de vida e o bem-estar dos mesmos. Para tal, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho (SIPAT) é uma das principais ferramentas que as organizações podem utilizar.

O que é a SIPAT

Regulamentada pela legislação trabalhista, a SIPAT é um evento obrigatório que deve ocorrer anualmente, independente do porte da empresa. As atividades acontecem no período de uma semana, dentro do horário de trabalho.

Trata-se de um evento direcionado para a prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

Os principais objetivos da SIPAT

Dentre os principais objetivos dessa semana está a promoção do conhecimento e estímulo da conscientização dos funcionários acerca de temas que se relacionam com a saúde, a segurança no ambiente de trabalho e as possibilidades de prevenção de acidentes.

Quando bem estruturada, a SIPAT aumenta o senso crítico dos empregados, incentivando-os a participar mais ativamente dos processos que envolvem a segurança no trabalho ao decorrer de todo o ano.

Também é uma oportunidade para investir em treinamentos, seja revisando conteúdos já passados anteriormente ou apresentando novos temas aos trabalhadores.

As relações entre cultura organizacional e SIPAT

A cultura organizacional atua como um guia para os comportamentos e para a mentalidade dos membros de uma empresa. Quando a cultura estimula a participação dos funcionários na rotina de saúde e segurança do trabalho os mesmos se sentem mais corresponsáveis pelas ações estipuladas pela organização.

Uma cultura organizacional que promove a saúde e a segurança no trabalho como fundamentais contribui para a formação de funcionários engajados em seguir as normas e regras e que entendem a importância delas para seu bem-estar, reforçando ainda a employer branding da corporação.

Nesse sentido, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho é uma ferramenta para iniciar ou fortalecer essa cultura, promovendo o engajamento da organização como um todo.

Além disso, como há a possibilidade de abordar diversos temas, a SIPAT pode oferecer atividades que visem estabelecer atitudes especificas, conforme o contexto e as necessidades empresariais identificadas pela medicina do trabalho.

Como tornar a SIPAT um evento atrativo

A principal forma de tornar a SIPAT atrativa é promover o engajamento dos funcionários de diversos setores em sua organização. Uma forma de fazer isso é possibilitar que todos deem sugestões de temas ou votem nos temas propostos pela comissão organizadora.

Trazer temáticas diferentes a cada ano, bem como diversificar os modelos de atividades com dinâmicas, oficinas e palestras aumentam o interesse dos colaboradores. O importante é promover uma articulação entre conhecimentos teóricos e práticos das ações que visam a segurança no trabalho.

Ao abordar as temáticas previstas na legislação brasileira, como alcoolismo e tabagismo, por exemplo, é importante articular com o cotidiano dos trabalhadores, a fim de torná-las mais interessantes.

Mais do que uma obrigatoriedade, a realização da SIPAT deve ser vista como uma oportunidade para desenvolver e fortalecer uma cultura organizacional que valoriza a saúde e a segurança dos empregados.

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos que favorecem uma gestão integrada de saúde corporativa? Acompanhe nossas redes sociais!

Autor

Escreva um comentário

Share This