Biomecânica ocupacional: entenda o que é isso e sua importância

A prevenção de acidentes, a elevação da produtividade e a melhoria da qualidade de vida dos colaboradores estão entre os principais benefícios da aplicação da biomecânica ocupacional no ambiente de trabalho.

Ao analisar e corrigir os problemas ocasionados por falhas de postura e movimentos da atividade laboral, a biomecânica possibilita reduzir os impactos e proteger o corpo do colaborador durante sua atividade.

No entanto, você sabe exatamente como funciona a biomecânica ocupacional? Confira, neste texto, não apenas como ela se desenvolve, mas também os principais benefícios que a Ergonomia pode garantir à sua empresa e aos colaboradores. Boa leitura!

O que é a biomecânica ocupacional

É possível definir a biomecânica ocupacional como o estudo dos movimentos executados pelos trabalhadores durante sua atividade laboral e das suas respectivas consequências sobre o corpo. Ela avalia a interação do homem com seu trabalho a partir dos impactos em seu sistema músculo-esquelético.

Cada atividade realizada tem um determinado reflexo sobre o corpo do trabalhador. Identificar quais são esses reflexos e como eles podem ser minimizados, eliminando seus efeitos nocivos, é um dos principais benefícios da biomecânica ocupacional.

Ela permite ajustar tarefas às habilidades e limitações dos indivíduos, prevenindo o esforço excessivo ou inadequado, que possa gerar danos físicos. Em vez de o trabalhador adaptar seu corpo à demanda da atividade, a biomecânica ocupacional permite ajustar a tarefa ao colaborador.

Avaliando especialmente questões relacionadas à postura, à mobilidade e à aplicação de cargas, a biomecânica ocupacional pode determinar os limites de segurança para que o trabalhador realize suas tarefas com o menor risco possível à sua integridade física.

Assim, a aplicação da biomecânica no ambiente de trabalho pode gerar uma série de desdobramentos positivos, não apenas para a saúde dos colaboradores, mas também para os resultados da empresa. Confira!

Queda no número de acidentes de trabalho

Menor exposição aos riscos e menos estresse físico são determinantes na redução de acidentes de trabalho. Com músculos e articulações sendo exigidos dentro de parâmetros compatíveis com sua capacidade, a probabilidade de acidentes por fadiga, por exemplo, é reduzida.

Controle das doenças ocupacionais

A biomecânica ocupacional pode ser uma ferramenta essencial para o controle das patologias diretamente relacionadas à atividade laboral. Aplicando a postura adequada e a carga certa para cada atividade, é possível reduzir sensivelmente as ocorrências de doenças ocupacionais.

Mais bem-estar aos colaboradores

Com melhores condições de trabalho, no que se refere ao ambiente físico, a qualidade de vida dos colaboradores também aumenta. A jornada de trabalho menos desgastante propicia mais satisfação e bem-estar.

Melhoria da produtividade

Garantir a integridade física do colaborador, reduzindo os riscos e os efeitos da atividade laboral em seu corpo, tem, entre seus resultados, a elevação da sua produtividade. Além dos benefícios para o próprio colaborador, a empresa experimenta uma série de vantagens, com a redução do absenteísmo e dos custos com a saúde, além da elevação da competitividade, entre outros.

Como você pode ver, a aplicação da biomecânica ocupacional pode garantir uma série de benefícios para sua empresa e seus colaboradores. Gostaria de conhecer um pouco mais sobre ela? Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar! Vamos lá!

Autor

Escreva um comentário

Share This